Posts Tagged by Direito Administrativo

Servidor do IML será indenizado por ter desenvolvido transtornos mentais, decide TJ

man-2734073_640
Ele realizava necropsias, exumações, transporte e reconstituições de cadáveres mutilados, entre outras atividades inerentes ao cargo de auxiliar de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de uma cidade do litoral catarinense. Fez esse trabalho durante anos. Porém, de acordo com os autos, ele não tinha qualificação técnica, treinamento específico ou qualquer preparação psicológica.… »

Nova lei beneficia candidata anteriormente reprovada em concurso para soldado PM

blue-light-4165414_640
A 5ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou sentença da comarca da Capital para permitir que uma candidata prossiga em concurso público para soldado da polícia militar, inobstante reprovação inicial por não atingir a altura mínima de 1,65 cm exigida no edital do certame. A decisão teve por base alteração legislativa havida no decorrer do concurso, que passou a exigir altura mínima de 1,60 cm – a candidata tem 1,62 cm.… »

Servidor do IML será indenizado por ter desenvolvido transtornos mentais, decide TJ

face-pixabay-1013520_640
Ele realizava necropsias, exumações, transporte e reconstituições de cadáveres mutilados, entre outras atividades inerentes ao cargo de auxiliar de necropsia no Instituto Médico Legal (IML) de uma cidade do litoral catarinense. Fez esse trabalho durante anos. Porém, de acordo com os autos, ele não tinha qualificação técnica, treinamento específico ou qualquer preparação psicológica.… »

Tribunal anula cassação de aposentadoria de servidor ocorrida 15 anos depois do ato

judge-1587300_640
A 3ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou sentença de comarca do Alto Vale do Itajaí para anular portaria de município daquela região que, com base em determinação do Tribunal de Contas do Estado, cassou ato de aposentadoria de servidor editado originalmente em março de 1997. A determinação do TCE, em 2013, alcançou o funcionário após 15 anos de gozo do benefício.… »

Professora que agredia crianças de berçário perde cargo público por decisão judicial

nursery-2114173_640
A 1ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou sentença que condenou professora por ato de improbidade administrativa, consistente em agressões e maus-tratos impostos a crianças de quatro meses até um ano e meio de idade, matriculadas no berçário de um centro educacional infantil de município do meio-oeste catarinense. Ela perdeu a função pública que ocupava e teve seus direitos políticos suspensos pelo prazo de três anos.… »

Servidora em licença-maternidade não pode sofrer decréscimos remuneratórios

woman-1284353_640
A 5ª Câmara de Direito Público do TJ, em mandado de segurança sob a relatoria do desembargador Hélio do Valle Pereira, julgou procedente pedido de servidora pública que havia sofrido decréscimo remuneratório ao usufruir sua licença-maternidade. Com a decisão, a mulher, que atua como professora no Estado, terá o direito de perceber a diferença a que fazia jus como detentora de função gratificada – da qual foi dispensada após o nascimento do filho – até o final do gozo da licença-maternidade.… »

Casal flagrado em intimidades no serviço consegue reverter demissão na Justiça

laboratory-2815641_640
A 1ª Câmara de Direito Público do TJ confirmou decisão de comarca do norte do Estado que determinou a município e instituição hospitalar a reintegração de dois servidores demitidos dos cargos de forma ilegal. Os entes públicos terão ainda que ressarcir os funcionários pelos salários que deixaram de pagar no período em que perdurou a demissão – um ano -, em valores que hoje alcançam cerca de R$ 80 mil.… »

Preterida pelo Executivo por ACT, professora concursada conquista vaga na Justiça

homework-2521144_640
O Grupo de Câmaras de Direito Público do TJ, em sessão nesta semana, concedeu a ordem em mandado de segurança impetrado por professora aprovada em 1º lugar em concurso público para ingressar na rede estadual de ensino, mas preterida indevidamente após a contratação de admitidos em caráter temporário (ACTs) pela Secretaria Estadual de Educação.… »

TJ mantém bloqueio de bens de servidora acusada de desviar verba com cursos fictícios

scam
A 3ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça confirmou liminar concedida pela comarca de Tijucas que autorizou o bloqueio dos bens de uma funcionária da Câmara de Vereadores do município por suposta prática de improbidade administrativa. A ré é uma das acusadas de desviar dinheiro público para o pagamento de cursos fictícios que teriam sido realizados em Curitiba, no Paraná, e de receber diárias relativas ao período em que se ausentou do município para frequentar as aulas.… »

Estágio probatório não protege funcionário concursado de extinção de cargo, diz TJ

Estágio probatório não protege funcionário concursado de extinção de cargo, diz TJ
A 1ª Câmara de Direito Público do Tribunal de Justiça manteve decisão de primeiro grau que negou ordem de mandado de segurança contra o presidente do Poder Legislativo e o prefeito de um município do oeste catarinense. Imagem de TPHeinz por Pixabay O mandado havia sido impetrado por duas funcionárias públicas, em regime de estágio probatório, contra a decisão que extinguiu seus cargos por meio de projeto de lei municipal.… »
Página 1 de 3123